HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
SEG À SEX DAS 8:30H ÀS 11:30H E DAS 13:00 ÀS 18:00
Sindicato dos Bancários de Ponta Grossa e Região

Manifestantes voltam a parar caminhoneiros em rodovias federais no RS

03/03/2021
/
137 Visualizações

Atos são contra o preço do frete e do óleo diesel

Pelo segundo dia seguido, caminhoneiros realizaram manifestações contra o preço do frete e do óleo diesel. Nesta quarta-feira, motoristas autônomos se concentraram em ao menos quatro trechos de rodovias federais, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Nas estradas estaduais, pelo menos um ato foi registrado, já que o protesto no km 0 da ERS-569 foi realizado no encontro com a BR-468, em Palmeira das Missões, conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM).

Nas BRs, as manifestações foram encerradas entre o fim da tarde e o início da noite desta quarta-feira, conforme a PRF. O CRBM confirmou que os protestos em rodovias estaduais também foram encerrados por volta das 18h desta quarta.

– Em Cruz Alta, no km 194 da BR-158: por volta das 9h30min, um grupo de caminhoneiros solicitava que todos os caminhões que trafegam no trecho parassem em uma área de escape, sem impacto para a trafegabilidade na rodovia. O ato foi encerrado no início da noite desta quarta.

–Em Ijuí, no km 461 da BR-285: outro grupo de caminhoneiros também parou colegas, pedindo que estacionassem em um posto de abastecimento. Demais veículos puderam transitar normalmente. O protesto também foi encerrado no início da noite.

– Em Carazinho, no km 337 da BR-285: Até o início da noite desta quarta-feira, manifestantes protestaram contra condições de pagamento. Os participantes do ato, que começou por volta das 10h30min, tentavam forçar a parada de veículos de carga. Os caminhões parados foram liberados após algumas horas de retenção. A manifestação não influenciou no tráfego na pista.

– Em Palmeira das Missões, no km 0 da BR-468: Caminhoneiros realizaram intervenção no entorno da pista e tentaram promover a retenção de veículos de carga. Os caminhões abordados podiam retornar para a estrada após algumas horas parados. Houve relatos de possível uso de ameaça por arma de fogo aos demais condutores de veículos de carga, conforme a PRF. O ato ocorreu no encontro da BR-468 com a ERS-569, e foi encerrado no início da noite desta quarta-feira.

Rodovias estaduais

– Em Passo Fundo, no km 188 da ERS-324: cerca de 20 caminhoneiros estão reunidos no pátio do posto Buffon, às margens da rodovia. Não há registro de bloqueios e nem lentidão no trânsito, de acordo com o CRBM. O protesto terminou por volta das 18h, conforme o comando.

– Em Uruguaiana, no km 720 da BR-290: uma manifestação de caminhoneiros se concentrou nos acessos ao porto seco de Uruguaiana, com retenção dos veículos de carga por 30 minutos, sem impacto na trafegabilidade da rodovia. O protesto foi encerrado após negociação da PRF no final da manhã, por volta das 11h30min. (Fonte: Zero Hora)

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS