HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
SEG À SEX DAS 8:30H ÀS 11:30H E DAS 13:00 ÀS 18:00
Sindicato dos Bancários de Ponta Grossa e Região

As cores de dezembro: vermelho e laranja

01/12/2023
/
1500 Visualizações

A cor vermelha é um alerta para a os cuidados e prevenção contra o vírus HIV, um problema de saúde que atinge quase 40 mil brasileiros a cada ano. O laço laranja é o lembrete sobre a importância de hábitos de proteção para não ser afetado pelo câncer de pele, um problema que pode ser desencadeado pela exposição prolongada aos raios do sol. Veja como não ser mais um nessas estatísticas sombrias.

A campanha Dezembro Vermelho marca uma grande mobilização nacional na luta contra o vírus HIV, a Aids e outras IST (infecções sexualmente transmissíveis), chamando a atenção para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV.

Anualmente, os governos federal, estadual e municipal, junto com a iniciativa privada, desenvolvem uma série de ações voltadas à conscientização sobre como evitar o contágio com o vírus HIV e, simultaneamente, são intensificadas no mês de dezembro, as iniciativas de combate ao câncer de pele.

Esse é um período de preocupação para os órgãos de saúde, pois precedem a temporada de verão, onde o sol é o principal desencadeador de fatores que geram condições para desenvolver um câncer de pele, bem como as férias e a proximidade com as festividades do carnaval, onde é fundamental divulgar a importância dos cuidados e prevenção para o sexo seguro.

Os especialistas explicam que algumas semanas depois da infecção pelo HIV, podem ocorrer sintomas semelhantes aos da gripe, como febre, dor de garganta e fadiga. A doença costuma ser assintomática até evoluir para Aids. Os sintomas incluem perda de peso, febre ou sudorese noturna, fadiga e infecções recorrentes. Não existe cura para a AIDS, mas uma adesão estrita aos regimes antirretrovirais pode retardar, significativamente, o progresso da doença, bem como prevenir infecções secundárias e complicações.

Já o câncer de pele responde por 1/3 de todos os diagnósticos de câncer no Brasil. Segundo registros do Instituto Nacional do Câncer (INCA), são registrados cerca de 185 mil novos casos a cada ano. A doença é causada por crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele e são provocadas principalmente por exposição excessiva aos raios ultravioletas.

Em ambos os problemas de saúde a melhor forma de prevenir é adotar hábitos saudáveis como regra de vida, tais como uso de camisinha nas relações sexuais para o combate ao vírus HIV, e barreiras físicas e químicas para evitar a exposição demasiada e sem proteção aos raios ultravioletas, com o uso de roupas, exposição ao sol em horários adequados e uso de protetor solar, hábitos imprescindíveis para uma pele saudável. (Fonte: Danamed)

Notícias FEEB PR

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS